Minas & Goncalves Contabilidade

Trabalhos Repetitivos: Riscos à Saúde e Dicas para Prevenção

18 de abril de 2024
Jornal Contábil

O suor do trabalho duro é recompensador, mas quando se torna repetitivo e sem as devidas precauções, pode gerar consequências silenciosas e perigosas para a saúde. Doenças como LER (Lesão por Esforço Repetitivo), DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho), Síndrome do Túnel do Carpo, Tendinite e Bursite rondam os trabalhadores que não se protegem.

 

Conheça as doenças:

  • LER (Lesão por Esforço Repetitivo): Causada por movimentos repetitivos ou forçados, levando à inflamação, dor e danos em músculos, tendões e nervos. Dor, rigidez, dormência, formigamento e fraqueza são seus sintomas.

  • DORT (Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho): Um termo abrangente para diversas doenças musculoesqueléticas causadas ou agravadas pelo trabalho. Além dos sintomas da LER, fadiga, dificuldade de concentração e problemas de sono podem surgir. Lombalgia, tendinite e síndrome do túnel do carpo são alguns exemplos.

  • Síndrome do Túnel do Carpo: Causada pela compressão do nervo mediano no pulso. Dor, dormência, formigamento e fraqueza na mão e nos dedos a caracterizam. Fatores de risco incluem uso de ferramentas vibrantes, digitação repetitiva e movimentos manuais forçados.

  • Tendinite: Inflamação dos tendões, que conectam músculos aos ossos. Dor, inchaço e rigidez na área afetada são seus sintomas. Movimentos repetitivos, uso excessivo de força e má postura aumentam o risco.

    Continua após a publicidade
     
  • Bursite: Inflamação das bursas, bolsas que amortecem articulações e tendões. Dor, inchaço e vermelhidão na área afetada a caracterizam. Movimentos repetitivos, uso excessivo de força e impacto direto na área são fatores de risco.

Prevenção: 

A boa notícia é que a maioria dessas doenças pode ser combatida com medidas simples:

  • Ergonomia: Ajuste seu posto de trabalho! Utilize móveis com altura adequada, posicione o monitor na altura dos olhos e faça pausas frequentes para evitar fadiga muscular.

  • Fortalecimento e Alongamento: Pratique exercícios físicos regularmente, focando em fortalecer os músculos e melhorar a flexibilidade para proteger as articulações e prevenir lesões.

    Continua após a publicidade
     
  • Técnicas de Levantamento e Transporte: Aprenda e pratique as técnicas corretas para levantar e transportar objetos pesados, evitando curvar as costas e utilizando a força das pernas para prevenir lesões.

  • Comunicação: Se sentir dor ou desconforto, não hesite em comunicar ao seu superior. A empresa deve estar ciente dos riscos e tomar medidas para garantir a saúde e o bem-estar dos seus colaboradores.

É crucial estar atento e cuidar-se em relação às doenças ocupacionais.Para preveni-las, é essencial adotar medidas de segurança no ambiente de trabalho, praticar a ergonomia e realizar pausas regulares para descanso. Além disso, é fundamental buscar orientação médica e realizar exames periódicos, garantindo assim uma atenção adequada à saúde ocupacional.

Compartilhe nas redes sociais

Facebook Twitter Linkedin
Voltar para a listagem de notícias